GAU junta-se à Start-Up Cultural de Arruda

18-MAI-2021

 

Com menos de dois anos de existência, e com uma abrupta paragem no ano passado, devido à pandemia, a Start-Up Cultural de Arruda continua em franco crescimento e expansão, observando um número crescente de candidaturas e de projetos em execução.


Na passada semana, foi altura de recebermos a GAU - Galeria de Arte Urbana da Câmara Municipal de Lisboa, enquanto entidade parceira e membro do Conselho Consultivo da Start-Up, apoiando a produção artística desenvolvida ao abrigo deste programa arrudense.


A GAU remonta a 2008, enquanto equipa especializada do Departamento de Património Cultural da CML, surgindo na sequência de uma operação de limpeza das inscrições vandálicas levada a cabo nas fachadas dos edifícios do Bairro Alto. Na altura, considerou-se importante criar um espaço alternativo especificamente dedicado à arte urbana, onde fosse possível exercer a atividade de modo legal e estruturado. 


Depois de uma primeira fase dedicada a vencer resistências e desconfianças, tanto por parte dos artistas como da população, em geral, a GAU começou a ser aceite e a ver o seu papel de “facilitador” reconhecido no meio da street art, o que lhe permitiu chegar a um número crescente de interlocutores e projectos, até se transformar numa plataforma de referência, a nível nacional e internacional.


Em Arruda dos Vinhos, almejamos replicar esta experiência, dentro e fora de portas da Start-Up Cultural, criando e fomentando espaços para artistas desenvolverem os seus projetos criativos em condições.


Juntos fazemos Arruda viver.

  • Partilhar